a mão à palmatória

a única vantagem de uma boa palmada é dar-nos a certeza de que fizemos alguma coisa mal. e mesmo que o objectivo da palmada não seja sempre óbvio, confirma-nos que fizemos alguém zangar-se. não deixa de ser uma forma violenta de explicitar um estado de espírito mas, confesso, sempre preferi uma palmada a «caras-de-mau». se bem que a palmada nunca me evitou a cara má, sempre minimizou a sua duração. faz parte do espírito que me educou: já bateste, já percebi, estamos conversados. infelizmente nunca percebi à primeira e cultivei o espírito que me caracteriza: já bateste, não percebi patavina, talvez perceba para a próxima.

2 comments


  • Vespinha

    E assim continuamos a apanhar palmadas…


  • sininho

    … que totós…


Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize