consequências

depois de devorar vorazmente O Arquitecto, que uma vespa me emprestou, fico para aqui a pensar sobre as consequências involuntárias de acções humanas e na forma como isso pode determinar o sucesso ou o fracasso, e como isso se revela em feitos aparentemente grandiosos mas também em feitos banais e mínimos, e como são executados por génios e por bestas, e como os resultados afectam os outros génios e bestas que rodeiam os primeiros, e como a interpretação que se faz das tais acções humanas com consequências involuntárias podem ser boas, más, muito boas, muito más, extraordinárias, atrozes... o que me leva a dizer que é preciso pensar nas acções antes de as executar, já que podem ter consequências involuntárias (esqueçam lá as voluntárias, que essas são outro assunto, para outro post), mas também é preciso aceitar as consequências involuntárias das acções que executamos e se executam e aceitar como sucesso ou fracasso de quem as executou, aplaudindo ou desculpando.
as desculpas evitam-se é certo, mas também se pedem e aceitam-se, na mesma medida em que se aceitam as palmas quando se ouve batê-las.

1 comment


  • Vespinha

    Confuso no início, mas… subscrevo.


Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize