férias passadas

sinto falta do calor do sol nas costas e do fresco da relva na barriga, do cheiro do papel debaixo do nariz e do som das páginas desfolhadas len-ta-men-te. sinto falta do sabor do pão fresco todas as manhãs e do quente da chávena de café entre as mãos, do céu quase imaculadamente azul e das nuvens arrastadas por um vento preguiçoso. sinto falta das gargalhadas sentidas e das birras inventadas, da fome fora de horas e das horas sem fome. sinto falta dos passeios previstos e das descobertas imprevistas, dos mapas, dos caminhos, das encruzilhadas, da presença, do beijo.

2 comments


  • sininho

    :*


  • Mary

    Tal e qual. De qualquer modo, welcome back :-)


Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize