i do (cherish you)

hoje, quando me encontrar com a aventesma que faz a gestão do condomínio onde se insere o maravilhoso duplex com vista desafogada para a serra e para o mar, no último andar de um prédio piroso cor-de-rosa foleiro (o que só me alimenta o ego pelo que consegui fazer com o maravilhoso duplex onde a modéstia não entra... e a isto chama-se terapia!), que estou a pagar a um banco verde, em troca de enormes prestações mensais, e que parece uma esponja a absorver toda a água que lhe chega, vinda das zonas comuns que a aventesma mencionada na primeira linha ainda não percebeu que têm de ser sujeitas a manutenção, mesmo não tendo um papelinho com a data de caducidade da anterior manutenção (como nos elevadores, estão a perceber?!)... ora dizia eu... hoje, quando aparecer de surpresa ao encontro que a aventesma marcou com o empreiteiro, que é mais meu amigo do que dela e que me telefona a avisar destas coisas, para verificarem a água que está a entrar pelo telhado e que se acumula numa poça com um metro e meio de diâmetro, e que está ser absorvida pelo tecto do maravilhoso duplex blablablá, vou fazer-lhe uma saudação romana à bruta directa ao olho directo.

EDIT (1h depois): tenho de comprar pastilhas para a garganta. não consegui livrar-me de uma missão que coincidiu no tempo com a visita da aventesma.

2 comments


  • X

    Ainda bem que a cobardia apareceu. Provocar desacatos com vizinhos num bairro problemático só se resolve mudando para muito longe e lá se vai a vista… Afinal uma mancha no tecto sempre rompe com o piroso perfeito e há sítios piores para passar o fim de semana que no elevador do prédio. É melhor que num mercado de Bagdad, por exemplo, com a sogra, com os amigos Dela…Não me ocorre, assim de repente, outra alternativa valorizadora do ascensor, mas deve haver.


  • P.T.

    Respira fundo. A violência não é a solução, de mais a mais quando, e partindo do principio que o adjectivo está bem aplicado, se enfrenta um adversário de uma categoria de peso superior, pois que tu continuas na categoria de super, hiper pluma.
    Podes sempre dizer que não te irritas para evitar o surgimento de rugas, que ainda que sejam um facto (bom) incontornável, que as que surgirem sejam fruto da tua sonora gargalhada.

    Baci


Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize