mero acaso

o esmalte é o tecido mais mineralizado do corpo humano. em alguns casos é tão mineralizado, que se torna tão denso, que impede verificar o que se passa «dentro» do dente, reduzindo muito a probabilidade de ser perfurado e de «alimentar» cáries. assim é o esmalte que reveste os meus dentes.

a dentina, é uma substância localizada entre o esmalte e a cavidade pulpar e é orgânica e inorgânica. quando as cáries que se iniciam no esmalte e o perfuram, não são detectadas ou tratadas atempadamente, e chegam à dentina, causam dor. dizem-me mesmo, bastante dor. a dentina que enche os meus dentes não é assim, é insensível, ou seja, eu não tenho dores de dentes.

ora bem, se o esmalte não se deixa penetrar por bactérias e é demasiado denso para que uma imagem raios-x seja fiável, e a dentina é insensível à dor... como é que se detecta uma lesão interna grave?


Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize