noite do lobo

para começar estava escuro e a lua não se via grande coisa, por isso estava mesmo escuro.
depois apareceu um lobo enorme, com as garras de fora, a boca arreganhada e com a enorme dentadura à vista, a espumar por todos os cantos e a salivar e a cuspir de forma descontrolada.
e uivava.
e não parava de uivar.
e não houve bruxa que lhe valesse.
e não houve fada que o calasse.
retirou-se a fada, ficou o lobo.
retirou-se o lobo, ficou a fada.
a bruxa nem chegou a aparecer.
hoje é uma nova noite.

Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize