ostra

é que não há meio da porcaria da ostra se abrir e a pérola sair. às vezes até me convenço de que já se abriu e que a linda pérola, visível e perfeita, disponível para enfeitar o tal pescoço, vai ser tomada, mas não. está definitivamente fechada, a esconder a pérola que, ainda a caminho da perfeição, se desenvolve e aperfeiçoa sozinha, no escuro da concha folhosa e rugosa que a cala.

também as há comestiveis e de elevado valor nutritivo, mas não é a minha certamente, ou já teria sido comida, ou não?

Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize