portugal dos pequenitos

quando se lê «Quinta da Marinha» num convite para uma festa de anos, o melhor é fazer 10 minutos de ioga para aprender a controlar a respiração. A existência de um «lote 8» à frente da morada permite recuperar ligeiramente o fôlego e somos invadidos pelo desejo de que seja uma daquelas casinhas junto ao golfe, nem muito bonitas nem muito feias, no meio de outras cinquenta.
claro que quando nos pomos a caminho e descubrimos que a dita rua é uma pequena estrada de terra batida paralela à marginal, onde se sucedem, com as devidas distâncias asseguradas, casas maiores do que metade do condomínio onde moramos, com relvados semelhantes a campos de rugby, o melhor é agarrarmos no saco de papel que diz «utilizar em caso de emergência» e respirarmos lentamente lá para dentro. e claro, repetimos várias vezes para dentro «o dinheiro não traz felicidade».


a princesa M adorou a festa, apesar de ser «a Festa do Benfica» e de não ter podido acabar de ver o Titanic, porque a motorista chegou cedo.
Sim, a princesa M tem uma motorista, uma daquelas que sabe dar beijinhos doces e salgados.

Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize