un giorno perfetto

afinal dia 28, que entretanto tinha passado a 26, acabou ser dia 6. não poupei dinheiro, com a antecipação da data, nem sei se pouparei em alguma coisa, porque mesmo os ácidos que me corroíam o estômago se mantêm activos como se a história não tivesse chegado ao fim. talvez seja a falta da declaração para o irs que tenho de lhe enviar até final do mês que me alimenta novos capítulos, mesmo sem conteúdo para tal. ouço-lhe o sotaque a passear-me na cabeça e martela-me o barulho das botas no cimento da cozinha. só a memória, cada vez mais lúcida, dos capítulos já escritos me fazem sorrir.

2 comments


  • Juro

    caramba! essa mulher mete medo!


  • Mary

    Meeeedoooooo…


Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize