variações sobre murakami

sinto-me como uma melancia a cair num poço.

(a rapariga que inventou um sonho. haruki murakami)

___________________________________________________________

a vertigem da queda, a entrada perfeita na água, o rasgar suave do líquido, o contrabalanço inevitável do peso, a subida lenta até à tona, o contacto retomado com o ar, o boiar que se queria alcançar.


Leave a comment


Please note, comments must be approved before they are published


Do you want to customize a product with this amazing doodles?

Customize